GUNVOR NELSON

Nascida na Suécia, Gunvor Nelson viveu durante quase toda a sua carreira em São Francisco. Nelson ilumina em seus filmes e vídeos temas tão indescritíveis e íntimos como a infância, o envelhecimento, o deslocamento, a memória, os papéis das mulheres, a morte, e as forças simbólicas da natureza e da água através de uma potente exploração das possibilidades de som e imagem em movimento. Suas efêmeras imagens oníricas são simultaneamente táteis e quase tangíveis, enquanto o seu uso criativo da linguagem e música aumentam consideravelmente o impacto emocional de suas obras. Colagem fílmica e edição dinâmica criam tensão e contraste. As características singulares das obras de Nelson formam menos um estilo definível do que uma estética sustentada.

 

GUNVOR NELSON: OBRAS SELECIONADAS // duração 59’
20/07 // 20h-21h // SESC Vila Mariana // projeção em fullHD
27/07 // 19h-20h // SESC Belenzinho

MY NAME IS OONA / Gunvor Nelson / EUA / 1969 / 10’
‘My Name is Oona’ foi o avanço final de Nelson na cena de vanguarda de filme americano. O som é composto por sua filha, Oona, repetindo os nomes dos dias da semana e de seu dizer “meu nome é Oona”. Este último é editado em uma expressiva estrutura rítmica que acompanha a estrutura visual do filme, mergulhando na experiência de uma criança.

MOONS POOL / Gunvor Nelson / EUA / 1973 / 15’
A explícita política do corpo é desenvolvida em seu vídeo. O filme começa com imagens de corpos nus em uma banheira, e transgride corpos nus de ambos os sexos nadando debaixo d’água. A última parte do filme é quase totalmente livre de diálogos, uma complexa trilha sonora, sugestiva de sonhos e constituída de sons de ondas, vozes, água e música.

LIGHT YEARS EXPENDING / Gunvor Nelson / EUA /1987 / 25’
Uma viagem de Nelson na paisagem sueca em que se mistura animação com atuação. Considerando que o movimento foi uma das características principais de ‘Light Years’, ‘Light Years Expanding’ gira mais em torno da imagem, prefigurando assim seu mais complexo filme-colagem.

NOWDRIFT / Gunvor Nelson / Suécia / 2001 / 9’
Movimentos começam e terminam com flocos de neve, fugaz, flutuantes, girando e dançando em constante agitação. Súbitas mudanças de direção, de composição, fundo, densidade, cor e contraste interrompem o fluxo perpétuo.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: