19 / 07  QUI

SESCTV

SPIN / Nung-Hsin Hu / EUA / 2005 / 1’40
Um disco rotatório, que expressa o universo inteiro girando. O alimento também é usado como um elemento adicional para representar a experiência de vida e as relações que acontecem neste infinito mundo giratório.

ENTRELINHAS / Nelton Pellenz / Brasil / 2008 / 2’43
Entre as linhas, as entrelinhas.

THE BLACK BOX / Jorge Lozano / Canadá / 2005 / 5′
Filme experimental processado à mão e quimicamente tratado, finalizado em vídeo. Transformando imagens de um barco, cemitério e paisagens em contornos pigmentados que estão desbotando, o trabalho torna-se um espaço que está mudando continuamente os seus limites.

THE MINDSCAPE SUITE / Fernando Velazquez / Brasil / 2011 / 3’51
Suite de 6 vídeos generativos onde se explora a ideia de paisagem relacionada à atividade cerebral. Mais do que buscar uma literalidade, a pesquisa recorre a algoritmos generativos para especular a respeito dos processos, fluxos e relacionamentos entre os diversos dispositivos e sistemas que nos conformam, e influenciam o modo como percebemos o mundo, construímos o conhecimento e articulamos memórias.

POEMA DO ÊXTASE / Kika Nicolela / Brasil / 2006 / 2’56
Lado a lado, dois planos do rosto de uma mesma mulher olhando na direção da câmera (do espectador). As imagens estão em câmera lenta; todas as nuances de expressão podem ser observadas. Os dois retratos têm um abismo de aproximadamente 30 anos entre eles: a mulher é a atriz Liv Ullman, atuando em dois filmes de Ingmar Bergman.

RECENTLY 2 / Jochen Kuhn / Alemanha / 2000 / 8’30
Um homem lê sobre um novo procedimento médico e decide verificar as sensações irritantes que está enfrentando. Este é um olhar pensativo e muitas vezes irônico, um exame único do interior.

RECONSTRUCTION / Julieta Maria / Canadá / 2009 / 7′
Reconstrução reflete sobre a violência e a qualidade sedutora de imagens, deslocando entre a materialidade e o visual.

FUGITIVE L(I)GHT / Izabella Pruska-Oldenhof / Canadá / 2005 / 9’32
‘Fugitive L(i)ght’ explora a qualidade metamórfica da Dança Serpentina e seu jogo intrincado sobre o visível e o invisível, que se estende ao contexto mais amplo e ao legado de seu criador, Loie Fuller, nascida nos EUA.

COPENHAGEN CYCLES / Eric Dyer / EUA / 2006 / 6’35
Um ciclista viaja através de uma fantástica reconstrução de colagem da capital da Dinamarca. Cerca de 25 esculturas em papel do tipo zootrópio (cinetropes) foram construídas para criar o filme.

CHORUS / Paul Clipson / EUA/Holanda / 2009-2011 / 7′
Uma viagem noturna em que o espaço, a cor e luz passam através do olho da câmera para criar pensamentos visualizados antes de sua concepção.

MARÉE NOIRE / Nadia Vadori, Sébastien Trouvé & Bruno Lasnier / França / 2008 / 5’07
Voltando à nossa essência, à nossa natureza instintiva inata, antes da corrupção, fazendo nosso caminho para trás e pra frente, e de dobra em dobra, ser, e desejando nada mais …

PASSAGE / Alicia Felberbaum / Grã-Bretanha / 2010 / 3’29
Tempo, espaço, o espaço-entre, ritmo … “Passagem” ocupa-se da experiência do tempo, e a analogia entre tempo e espaço. Tempo e espaço se unem, eles são inseparáveis, e no filme sempre se tem que lidar com ambos.

THE SPECTRES OF VERONICA / Dalibor Barić / Croácia / 2011 / 7’45
Veronica é assombrada por fantasmas de seu futuro. Presa em uma rede de emoções e imagens superficiais, sua identidade se derrete, mas ela continua a adequar padrões eternos em busca de sua própria substituição.

NÃO-SEI-MESMO / Carlosmagno Rodrigues / Brasil / 2011 / 3’
Fazendo café e e tentando relembrar músicas, bombas são estouradas como experimentos de sofreguidão pelo autor que vaga, sem casa, sem amor, sem coração.

THE TEN IMAGES OF BUTTER COW / Jun’ichiro Ishii / Japão/Taiwan / 6’28
Existem etapas sequenciais durante a criação. Seguindo um poema tradicional Zen ‘Dez Touros’, este trabalho apresenta vídeo de 10 processos criativos / imagens de uma pequena escultura de manteiga.

Anúncios