28 / 07  SÁB

UNIDADES SESC

BILL VIOLA: OBRAS SELECIONADAS DE 1977-1980 // duração: 62ʼ
28/07 // 16h-17h // SESC Belenzinho

COPIAR E COLAR // duração: 59’55
28/07 // 16h-17h // SESC Belenzinho

(IN)VISÍVEL // Duração: 59’56
28/07 // 9h-17h // SESC Itaquera (Container em looping)

EM CONSTRUÇÃO // duração: 64’15
28/07 // 15h-16h // SESC Belenzinho

SESCTV

ROSA ROSA / Félix Dufour-Laperrière / Canadá / 2008 / 8′
Uma mulher casada tem um caso. Ela fica grávida de seu amante e eles vivem serenamente juntos, embora a guerra
esteja trovejando para a sua cidade. Apesar de escalações, engarrafamentos e escassez, eles conseguem viver uma
vida tranquila com sua filhinha.

JARDIM FANTÁSTICO / Leticia Ramos / Brasil/Argentina / 2008 / 3′
Filme realizado com câmera lomo oktomatic de 8 lentes. O video faz parte da série Jardim de Cronópios em que a artista investiga a construção da paisagem a partir da animação de diferentes pontos de vista.

GRANULAR / Catherine Nyeki / França/ 2010 / 3’03
Um auto-retrato que consiste em uma multidão de olhos evocando o mito de Argos, o guardião de cem olhos “que tudo vê.” Observatório de um “laboratório de corpo plástico” transmite sinais que revelam a vida de uma proxêmica invisível.

WYSIWYG / Lucas Bambozzi / Brasil/Holanda / 2012 / 22’18
As construções visuais refletem alterações da percepção cultural das paisagens e dos lugares-comuns da Holanda. Na medida em que as aparências cedem lugar ao envolvimento com os ambientes, as cenas fazem oscilar as certezas entre as coisas visíveis e as imaginadas, em detalhes subtraídos ou adicionados às imagens.

PLEASE SET THE CLOCK / Jonathon Nokes / Australia / 2011 / 2’22
‘Por favor acerte o relógio’ é um destrutivo auto-retrato através de tentativa e erro, usando fita VHS deformada (rasgada, gravada, mordida, pisoteada, cortada, esmagada, riscada, esticada, derretida).

SE ME PERGUNTO, PORQUE MEUS LÁBIOS NEGAM RESPOSTAS? / Joacélio Batista / Brasil / 2010 / 1’16
Diante da dúvida, o homem sempre especulará respostas.

TO LET / Junebum Park / Coréia do Sul / 2011 8’20
Video em que o artista sul-coreano cria cenas extraordinárias em ambientes comuns.

MAGIC WAND / Jesse McLean / EUA / 2009 / 3′
Neste vídeo, uma variedade de imagens recentes do Iraque, todas recolhidas a partir de diferentes fontes da Internet, são separadas, borradas, apagadas, delineadas e remontadas em um esforço para resolver a complicada relação entre ser espectador e ser empático.

HOME SWEET HOME / Phoebe Man / Hong Kong / 2012 / 2’39
‘Home sweet home’ trata dos problema habitacional de Hong Kong. Lá, a maior parte das imagens em comerciais de TV de empresas imobiliárias são falsas, não mostram os apartamentos reais. Lindas mulheres, palácios, cruzeiros e enormes jardins são as imagens mais comuns. Phoebe misturou alguns comerciais imobiliários, fotos refletindo o ambiente real da vida em Hong Kong, assim como o cintilante trabalho da grade para elevar a ilusão criada por esses comerciais de TV.

BEASTLINESS / Deborah Kelly / Austrália / 2011 / 3’17
A vívida animação de ‘Bestliness’ sintetiza tradicionais fotomontagens feitas a mão com técnicas de animação digital em um novo todo, uma dança completamente artificial com sirenes imprudentes.

HOLY GHOST / Pedro Maia / Portugal / 2010 / 2’11
Videoclip para a música ‘Holy Ghost’ do novo album Lights & Darks de Rita Redshoes.

INTERVENTION/MEMORY / Jenny Michel and Michael Hoepfel/ Alemanha / 2005 / 2’20
‘Intervention / Memory’ é uma Super-8 manipulada, em que a poeira do material antigo se infiltra pela narração e acaba tanto com o filme quanto com a vida do protagonista.

YOU BE MOTHER / Sarah Pucill / Grã-Bretanha / 1990 / 7′
‘You be mother’ usa animação ‘stop-frame’ para romper as ordens tradicionais de animado e inanimado, o líquido e o sólido. Um espaço alucinatório é configurado quando uma imagem congelada do rosto do artista é projetada em pesadas peças de louça em cima de uma mesa.

MEDIA ARCHEOLOGY / Eric Dyer 2110 / EUA / 2010 / 3’32
Em uma Terra inundada futurista, um arqueólogo procura mídias esquecidas. O filme foi criado cortando, queimando, emendando e colando trailers de filmes 35mm.

UNDISCLOSED BEAUTY / Anders Weberg / Suécia / 2008 / 2’
Só porque você cospe em meus olhos não significa que eu tenho uma clara visão.

Anúncios